Como criar uma estratégia baseando-se em marketing de conteúdo

A criação de conteúdo como estratégia para mecanismos de busca tem sido uma ótima e crescente opção para a geração de Leads para a sua empresa.

Descubra agora algumas técnicas para ser estratégico e garantir posicionamento para a sua marca ao tratar de marketing de conteúdo:

1 – Conheça a persona para qual você está comunicando

As pessoas procuram por conteúdo que lhes seja interessante, ou seja, conhecer o seu público-alvo é essencial para produzir conteúdo que lhes gere interesse. Assim, um item indispensável é o Gerador de Personas, uma ferramenta gratuita que lhe fará as perguntas ideais para que você conheça e entenda melhor as suas personas.

E uma dica: seja claro. Uma estratégia de conteúdo sem clareza sobre a pretensão do seu público tende a possuir conteúdos pouco atrativos. Tenha um bom alinhamento do seu conteúdo para a expectativa da sua persona.

2 – Crie uma jornada de compra de acordo com os desafios que a sua persona possa vir a enfrentar

Imagine que o seu possível cliente necessita de uma solução e que não conheça o seu produto ou nem saiba que precisa do seu produto. Agora pense um cliente atual seu que está obtendo sucesso com a sua solução. O caminho percorrido entre este possível cliente e o seu cliente atual é o que chamamos de jornada de compra.

Projeta-se que dois terços da jornada de compra é percorrida sem que o possível cliente lhe envolva de maneira direta. Portanto, entende-se que se relacionar com o seu público através de uma estratégia de conteúdo é uma ótima forma de vislumbrar essas pessoas e, consequentemente, transformá-las em clientes.

3 – Brainstorm de ideias é muito bem-vindo!

Em primeira instância o que devemos analisar em relação ao tipo de conteúdo é se ele será utilizado como uma oferta ou se será algo disponível sem necessidade de conversão.

Um bom exemplo são as postagens de blog, que nada mais são que conteúdos que irão lhe ajudar a obter tráfego orgânico e autoridade para depois direcionar seus visitantes até uma oferta específica.

Aliado a isso, é interessante saber o que o seu mercado está consumindo e qual a tendência dos seus concorrentes. Ah! E importante: jamais deixe de lado a pesquisa de palavras-chave. É baseando-se nessa pesquisa que seu site/blog terá acessos orgânicos e recorrentes pelos mecanismos de busca.

4 – Monte um cronograma de publicações

Crie um cronograma mínimo para suas postagens. Normalmente, para blogs um post por semana, a fim de gerar tráfego ao site, e um conteúdo rico por mês.

Na sua lista de conteúdos a serem produzidos, defina responsáveis e datas. É essencial que sua empresa possua um responsável pela estratégia de conteúdo a fim de garantir que os materiais sejam feitos com qualidade e nos prazos em questão.

5 – Promova o seu conteúdo

6

Há diversas maneiras de promover seu conteúdo, principalmente de forma gratuita. Vejamos aqui algumas delas:

Mídias Sociais

Sua empresa possui perfis nas redes sociais, correto? A ideia é colocar em ação o seu cronograma, visto anteriormente, respeitando as diferenças entre as redes de comunicação, e compartilhá-lo com seus seguidores e clientes.

Dependendo as sua marca/empresa, outras mídias podem ser úteis para divulgação e podem estar no radar estratégico de conteúdo, como: SlideShare, Instagram, Pinterest e Youtube.

Mídia Paga

Seu negócio pode utilizar da mídia paga para promover materiais e criar novos Leads. As principais fontes são os mecanismos de busca: Google Adwords, Bing Ads, etc. E também as próprias mídias sociais, como o Facebook Ads, Instagram Ads, LinkedIn Ads e Twitter Ads.

Uma importante dica é sempre direcionar o seu anúncio para uma página com geração de Leads, assim, evitando enviar tráfego pago para páginas sem ofertas. Dessa maneira você conseguirá medir melhor o retorno sobre o investimento feito em sua estratégia de conteúdo.

Como conseguimos perceber, uma estratégia de conteúdo de sucesso necessita basicamente de planejamento. Gradualmente, dia após dia, você poderá medir os resultados investidos nesse plano de negócios que se pagará a curto e médio prazo.